Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de mikaelly-nascimento2012
 


 Anabolizantes




Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h15
[] [envie esta mensagem
] []





                                 O que são anabolizantes ?

Os anabolizantes são drogas sintéticas que imitam o hormônio sexual masculino, a testosterona.
Sua estrutura química é similar à dos esteróides, hormônios responsáveis pela harmonia das funções vitais do organismo e, por isso, também, são conhecidos como esteróides anabolizantes.
Possuem até cinco princípios ativos diferentes.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h14
[] [envie esta mensagem
] []





Esteróides anabolizantes possuem, ainda, a propriedade de ativar o metabolismo protéico, retendo o nitrogênio e aumentando a atividade do RNA (Ácido Ribonucléico), promovem o crescimento celular e a sua divisão, resultando no desenvolvimento de tecidos, como o muscular e ósseo. Desenvolvidos para tratar excepcionalmente casos de hipogonadismo, doença que faz o homem produzir testosterona em baixa quantidade, os anabolizantes possuem seu uso terapêutico muito restrito e requer, sempre, diagnóstico e acompanhamento do médico endocrinologista, para se avaliar o risco/benefício de seu uso.
Os efeitos atrativos dos anabolizantes, que chamam a atenção principalmente do público masculino (incluindo os adolescentes), atletas e fisiculturistas, o transformaram em um grande vilão. São reconhecidos, principalmente, por dar resistência física e um ganho espantoso de massa muscular.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h13
[] [envie esta mensagem
] []





Uso de anabolizantes pode causar danos à saúde

A obsessão de ter músculos rasgados e corpo atlético tem gerado vários problemas de saúde, porque inúmeras pessoas para conquistar seu desejo buscam formas de conquista, que não são nada saudáveis. O método mais procurado são os anabolizantes, que não tem sua venda legalizada no Brasil desde 1980. Mesmo ilegal esse tipo de medicamento ainda é bastante comum nos corredores das academias de ginástica.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h13
[] [envie esta mensagem
] []





Por causa dessas drogas muitas pessoas chegam a morrer ou quase, como o ex-campeão brasileiro de fisiculturismo, Enzo Perondini Filho, de 45 anos, quase morreu vítima de um câncer de fígado, há anos.

Entre outros tipo de substancias utilizados para ajudar no crescimento da massa muscular estão as testosteronas sintéticas, hormônio masculino, anfetamina, efedrina e estimulantes, tomados para aumentar a capacidade de treino, além de suplementos de energia.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h12
[] [envie esta mensagem
] []





Mesmo os últimos lícitos e vendidos em academias, precisam de acompanhamento médico e moderação.

Todas essas tragédias acontecem com certeza com pessoas sem informação e que por motivação própria passam a utilizar anabolizantes, e que podem ocasionar um problema grave de saúde, que poderia ser evitado antes.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h12
[] [envie esta mensagem
] []





Comentários de especialistas acerca dos anabolizantes

"As substâncias que contêm hormônios e estimulantes não deveriam ser tomadas, mas, infelizmente, são bastante comuns no mercado negro ou na internet, e trazem um monte de problemas de saúde." - Soraya Di Profio Abrahão.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h12
[] [envie esta mensagem
] []





Comentários de especialistas acerca dos anabolizantes

"As substâncias que contêm hormônios e estimulantes não deveriam ser tomadas, mas, infelizmente, são bastante comuns no mercado negro ou na internet, e trazem um monte de problemas de saúde." - Soraya Di Profio Abrahão.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h10
[] [envie esta mensagem
] []





"É o tipo de droga que quem usa não comenta. Nos anos 80, foi proibida a comercialização, e no meio do esporte é considerado doping. Nas farmácias vemos para vender os que têm uso veterinário, como os aplicados em bezerros ou outros animais com problemas de nutrição. Tem gente que toma indiferentes aos problemas de saúde que certamente vai ter." - Paulo Correia (mestre em fisiologia do exercício pela Universidade Federal de São Paulo - Unifesp).



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h10
[] [envie esta mensagem
] []





"Os suplementos são feitos à base de proteína e, em geral não fazem mal. Só que se tomados em excesso trazem problema de fígado e de rim." - (Médico especializado em esporte Osmar de Oliveira).

 

 



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h10
[] [envie esta mensagem
] []





Conheço casos de jovens de 20 e poucos anos que foram para a fila do transplante de órgãos como rim e fígado, por conta de seu exagero." Correia (Unifesp).



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h09
[] [envie esta mensagem
] []





Consequências comuns do consumo de anabolizantes

                                                           Algumas das consequências resultantes da utilização de anabolizantes comuns ao homem e à mulher, são as seguintes:



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h09
[] [envie esta mensagem
] []





  • Acne
  • Aumento dos níveis do LDL, o colesterol ruim.
  • Diminuição dos níveis do HDL, o colesterol bom.
  • Edema (retenção de água nos tecidos)
  • Arritmia cardíaca
  • Aumento do risco de doença de coração
  • Hepatite peleiótica (cistos de sangue no fígado)
  • Tumores no fígado
  • Calvície
  • Excesso de transpiração
  • Amarelamento da pele e dos olhos
  • Dores no estomago
  • Dores nos ossos
  • Sensação de fadiga
  • Cefaléia intensa
  • Aumento da pressão arterial
  • Maior probabilidade de cálculos renais
  • Maior incidência de lesões nos ligamentos e tendões
  • Insônia
  • Cãibras


Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h00
[] [envie esta mensagem
] []





  • Náuseas e vômitos
  • Língua muito sensível (irreversível em mulher)
  • Hálito insuportável
  • Agressividade (irreversível)
  • Edemas
  • Hemorragias abdominais
  • Urina escura


Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 18h00
[] [envie esta mensagem
] []





Sintomas dos anabolizantes a curto prazo

O que os anabolizantes fazem no corpo a curto e longo prazo?

 

O uso indevido dessas drogas pode acarretar inúmeros problemas como:



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h58
[] [envie esta mensagem
] []





 

Homens e adolescentes: redução da produção de esperma, impotência, dificuldade ou dor em urinar, calvície e crescimento irreversível das mamas (ginecomastia).



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h58
[] [envie esta mensagem
] []





Mulheres e adolescentes: aparecimento de sinais masculinos como engrossamento da voz, crescimento excessivo de pelos no corpo, perda de cabelo, diminuição dos seios, pelos faciais (barba).

 

Em pré-adolescentes e adolescentes de ambos os sexos: finaliza, prematuramente, o crescimento deixando-os com estatura baixa para o resto de suas vidas



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h57
[] [envie esta mensagem
] []





Em homens e mulheres de qualquer idade: aparecimento de tumores (câncer) no fígado, perturbação da coagulação do sangue, alteração no colesterol, hipertensão, ataque cardíaco, acne, oleosidade do cabelo e aumento de agressividade que pode manifestar-se em brigas.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h57
[] [envie esta mensagem
] []





Usuários que injetam esteródes anabolizantes com técnicas inadequadas e não estéreis (livre de contaminação), ou dividem agulhas contaminadas com outros usuários, correm o risco de contrair infecções como HIV, hepatite B e C. Há ainda, o problema com preparações ilegais dessas drogas, as quais são elaboradas em condições não estéreis colocando em risco os que as utilizam.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h56
[] [envie esta mensagem
] []





Dependência dos anabolizantes

Os anabolizantes levam ao uso de outras drogas?

 

Os esteróides anabolizantres não são consideradas drogas que induzem o uso de outras drogas ilícitas, ou seja, não são porta de entrada para uso de outras drogas. Porém, os usuários dessas drogas para fins estéticos chegam a utilizar de 10 a 100 vezes mais a dose médica recomendada e normalmente misturam dois ou mais diferentes anabolizantes, oral e/ou injetável e algumas vezes utilizam compostos veterinários. Agem dessa forma porque acreditam que a mistura de vários compostos possa dar um efeito maior sobre os músculos.

 

Na tentativa totalmente errônea de previnir o aparecimento de efeitos indesejáveis, alguns usuários tomam medicamentos antihipertensivos e também medicamentos anti-câncer.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h56
[] [envie esta mensagem
] []





 

 

As pessoas ficam dependentes dos anabolizantes?

 

Usuários de anabolizantes podem desenvolver dependência a essas drogas. Essa dependência pode ser percebida no usuário que continua tomando anabolizantes mesmo depois de ter tido consequências causadas pela droga como problemas físicos, nervosismo, irritabilidade, efeitos negativos com suas relações com as pessoas. Além disso, gastam grande quantidade de dinheiro e tempo para obter a droga e quando deixam de usá-las apresentam uma série de sintomas desagradáveis.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h55
[] [envie esta mensagem
] []





Anabolizantes

 

As pessoas podem parar de usar os anabolizantes?

 

Para os que já vem tomando altas doses dessas drogas há muito tempo e com sintomas de dependência, nem sempre é fácil parar de usar. Quando param podem sentir fadiga, perda de apetite, insônia, redução do desejo sexual, e ainda uma grande vontade de continuar usando anabolizantes. O sintoma mais perigoso que pode surgir quando da parada dessas drogas é a depressão que em casos extremos pode levar à tentativa de suicídio. Nesses casos é necessária a ajuda de um profissional para parar de usar anabolizantes.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h55
[] [envie esta mensagem
] []





Anabolizantes

Quando se iniciou o uso não médico dos anabolizantes

O primeiro uso não médico dos esteróides anabolizantes foi feito por soldados alemães na II Guerra Mundial, com o intuito de aumentar a agressividade. Os anos 50 marcaram o início do uso entre atletas competitivos, mas só nos anos 70, houve um aumento progressivo do uso dessas substâncias entre atletas competitivos e o início do uso entre atletas recreativos, inclusive entre as mulheres.  

Em 1975 os anabolizantes foram inclusos na lista de drogas consideradas "doping" pelo Comitê Olímpico Internacional. O ano de 1988 foi um marco histórico dessa questão, quando o velocista canadense Ben Johnson perdeu sua medalha Olímpica em Seul - capital da Coréia do Sul, devido ao uso de esteróides.



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h53
[] [envie esta mensagem
] []





Anabolizantes

 





Como agem os anabolizantes no organismo

A testosterona e os esteroides anabolizantes-androgênicos sintéticos se ligam a um receptor androgênico na musculatura do esqueleto e em outros orgãos. Este complexo esteróide-receptor faz com que o mecanismo genético do núcleo celular produza ácido ribonucleico mais rapidamente, que é utilizado para sintetizar mais proteínas no ribossomo da célula. No músculo, algumas dessas proteínas são a actina e miosina, proteínas contráteis produtoras de energia, que podem gerar força. A testosterona e os esteróides anabolizantes-androgênicos sintéticos se ligam a um receptor androgênico na musculatura do esqueleto e em outros orgãos.

Os anabolizantes quando administrados, entram em contato com as células do tecido muscular e agem aumentando o tamanho dos músculos. Em doses altas, os aumentam o metabolismo basal, o número de hemácias e a capacidade respiratória. Essas alterações provocam uma redução da taxa de gordura corporal. As pessoas que os consomem ganham força, potência e maior tolerância ao exercício físico. Sem grandes esforços, elas atingem a meta de mudar a aparência rapidamente.

Embora essas drogas venham com uma tarja na embalagem alertando que o produto deve ser usado com indicação médica, no Brasil qualquer pessoa pode comprá-las sem receita em farmácias e academias. Por causa dos seus efeitos, o uso indiscriminado é ilegal e pode trazer sérios riscos à saúde.

Anabolizantes associados a problemas cardiovasculares

Segundo a farmacêutica Patrícia Medeiros de Souza, doutora em Farmacologia pela Unicamp (Universidade de Campinas) e farmacologista clínica do Hospital Universitário de Brasília (HUB)/UnB (Universidade de Brasília), os efeitos adversos incluem o aumento da massa muscular cardíaca.
O aumento causa uma diminuição da ejeção sanguínea que, consequentemente, leva a um maior bombeamento do sangue para aumentar o retorno venoso. O resultado é uma freqüência cardíaca mais alta e uma maior força de contração. “A pessoa pode, com o uso continuado, desenvolver uma insuficiência cardíaca congestiva, podendo ocorrer morte súbita car díaca”, afirma a Dra. Patrícia Medeiros. Já no fígado, os anabolizantes agem, causando uma hepatotoxidade que eleva o número das transaminases (enzimas hepáticas).
Também, altera o perfil lipídico, com a diminuição do HDL, a lipoproteína de alta densidade (em inglês:
High Density Lipoprotein), popularmente batizado de bom colesterol, e aumento do LDL, a lipoproteína de baixa densidade (em inglês: Low Density Lipoprotein), chamado mau colesterol, que ocasiona hipertensão sanguínea.



Alterações comportamentais associadas a anabolizantes

Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) mostrou que os usuários de esteróides correm um grande risco de se tornarem pessoas agressivas e impulsivas. O estudo detectou que os anabolizantes causam alterações cerebrais drásticas, reduzindo a quantidade de proteínas que funcionam como neuroreceptores de serotonina, substância relacionada às emoções.
Os danos causados pelo uso irresponsável de anabolizantes podem ou não ser reversíveis. Em relação ao aumento da massa muscular cardíaca, depende do tempo de uso e do grau de comprometimento cardíaco, o qual só poderá ser avaliado pelo cardiologista.
“O aumento das enzimas hepáticas e alterações do perfil lipídico pode ser reversível, desde que haja a interrupção do medicamento com acompanhamento médico, assim como a maioria dos outros casos”, afirma a Dra. Patrícia Medeiros, do HUB. Em casos de ginecomastia e de hipertrofia clitoriana, a reversão se torna mais difícil, sendo necessárias, por vezes, cirurgias reparadoras.
Os anabolizantes podem agir no organismo, por vários meses, após a interrupção do seu uso.
A farmacocinética (percurso do medicamento no corpo) do anabolizante pode influir muito em seu tempo de ação. Aqueles com maior ligação à proteína plasmática, maior volume de distribuição e lipossolubilidade (dissolução em gordura) podem permanecer no corpo, por mais longos períodos.
“Amostras de sangue nem sempre são fiéis, nesses casos, pois o medicamento pode ficar armazenado no tecido e ser liberado, gradativamente.
Mais: as características pessoais fisiológicas influem no tempo de excreção”, explica a farmacologista.





          Pessoas depois da ultilização dos ANABOLIZANTES





















Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h49
[] [envie esta mensagem
] []





Anabolizantes

c



Escrito por mikaelly-nascimento2012 às 17h46
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]